Connect with us

Olá, o que você está procurando?

Teatro

Fenômeno de público e crítica, monólogo “Helena Blavatsky, A Voz do Silêncio” chega a Salvador

Peça fica em cartaz dias 11 e 12 de maio, no Teatro Sesc Casa do Comércio

Foto | Daniel Castro

Prepare-se para uma experiência teatral transformadora! O aclamado monólogo “HELENA BLAVATSKY, A VOZ DO SILÊNCIO” está chegando ao palco do Teatro SESC Casa do Comércio em Salvador nos dias 11 e 12 de maio (sábado e domingo), com sessões marcadas para sábado às 20h e domingo às 17h. Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria do teatro ou através do site da Sympla.

Este espetáculo, assinado pela renomada professora e filósofa Luísa Helena Galvão, tem encantado e emocionado o público por onde passa, deixando uma marca indelével nos corações dos espectadores. Transportando o público aos fragmentos filosóficos atemporais presentes na obra de Blavatsky, a peça estreou no Ceará em 2019 e desde então tem sido um sucesso avassalador. Em 2020 foi apresentado online, com alcance global. Retornou às apresentações presenciais em janeiro de 2023 para dar início a uma trajetória de sucesso, transformando-se em uma das montagens mais aclamadas do ano. Mais de 45 mil pessoas já assistiram ao espetáculo.

A interpretação impecável de Beth Zalcman, que lhe rendeu o prestigioso prêmio CENYM de melhor atriz em 2023, é um dos pontos altos deste espetáculo. Seu comprometimento com a personagem e a maneira como cativa a plateia são elogiados tanto pelo público quanto pela crítica especializada. “A entrega a personagem chama muito atenção, cada palavra é preciosa e aproveitada para boas ações dramáticas e nesse ínterim, sobressai um carisma ímpar e aplausos pela grandiosidade e generosidade como artista”, escreveu o crítico Pedro Cosmos sobre Zalcman.

A direção magistral de Luiz Antônio Rocha, conhecido por suas incursões em biografias cênicas, adiciona camadas de profundidade à narrativa, resultando em uma experiência teatral rica e sensorial. “Na encenação, Luiz Antônio Rocha se debruça uma vez mais sob o ciclo de biografias que vem levando aos palcos, a partir do qual cartografou percursos de Frida Kahlo e Paulo Freire. É uma pesquisa cênica continua, que se desenrola a partir do diálogo, mas se estende à geometria da cena e suas sensorialidades”, escreveu o crítico Rodrigo Fonseca sobre o trabalho do diretor. 

Leia mais

Salvador

Em sua primeira visita ao Brasil, a jornalista Kristin Braswell escreveu para a conceituada revista “Travel + Leisure”, especializada em viagens há mais de 80...

Música

O GG Léo Santana acaba de anunciar a abertura de vendas para a edição do PaGGodin – seu mais novo projeto de samba, que...

Cinema

Longa chega aos cinemas nesta quinta-feira

Música

Com shows de Luiz Caldas, Negra Cor e Herbert Richard, o evento Black Tie celebra os 72 anos do hotel e os 18 da...

Gente

Vini Figueira participou do primeiro encontro cozinhando no Florense Salvador

Cinema

No final da década de 60, em plena Guerra Fria, Estados Unidos e Rússia disputavam o espaço. Enquanto os russos mandaram o primeiro homem...

Gastronomia

As noites no Porto Seguro Praia Resort ganharam novas cores e sabores, com os Jantares Temáticos, que estão sendo servidos no Cabral 500, o...