Connect with us

Olá, o que você está procurando?

Salvador

Enashopp e shoppings administrados recebem selo Étnico Racial

Shopping Piedade representado por Tatiane Rodrigues, Patrícia Matos e Marivalda Costa - Foto | Divulgação
Shopping Piedade representado por Tatiane Rodrigues, Patrícia Matos e Marivalda Costa - Foto | Divulgação

A Enashopp, empresa baiana especializada em implantação, desenvolvimento, comercialização e administração de shopping centers e empreendimentos multifuncionais na Bahia, em São Paulo e Distrito Federal, recebeu a certificação do Selo da Diversidade Étnico-Racial edição 23/24, na categoria Compromisso, promovido pela Secretaria de Reparação da Prefeitura de Salvador – SEMUR.

A iniciativa visa incentivar organizações a refletirem e trabalharem com mais inclusão e diversidade étnico-racial, além de reconhecer publicamente as ações de promoção da equidade racial nas políticas de gestão de pessoas e marketing das organizações públicas, privadas e da sociedade civil de Salvador. A cerimônia de entrega da certificação aconteceu no Hotel Mercure, no Rio Vermelho, na última terça-feira (19).

“Além de refletir o nosso compromisso social, é muito importante para a cultura da nossa organização obter o Selo da Diversidade Étnico-Racial, pois representa uma política pública de sensibilização das instituições para buscar a Diversidade Étnico-Racial como aliada na geração de aprendizado e criatividade, fortalecida em uma equipe plural, gerando maior competitividade. Ou seja, todo mundo sai ganhando”, afirmou Mirela Gedeon Cubilhas, diretora da Enashopp, empresa com mais de 30 anos de experiência nacional e internacional no segmento de shopping centers e empreendimentos multifuncionais. Além da Enashopp, os shoppings Barra, Itaigara, Paseo e Piedade, administrados pela empresa, receberam o Selo da Diversidade. O Shopping Barra recebe o selo desde a criação dessa política pública, em 2007.

Ao obter o Selo, as instituições assumem o compromisso de fazer um censo étnico-racial e desenvolver ações de combate ao racismo no ambiente de trabalho, apresentando propostas que serão analisadas por um Comitê Gestor, composto de organizações representativas do segmento governamental e da sociedade civil organizada. Ao final do período a prefeitura avaliará se as empresas devem ou não continuar com a certificação.

A concessão do selo é renovada anualmente, e para renovar, as organizações já contempladas, anteriormente, precisam seguir o plano de trabalho previamente estabelecido no momento de sua inscrição. Ao receber o selo, essas instituições assumem um compromisso com o município de promover ações de combate ao racismo, como por exemplo: inclusão da juventude negra no mercado de trabalho, apoio a programas de primeiro emprego, formação de colaboradores para combater a discriminação racial, ações de diversidade e inclusão racial no ambiente de trabalho, nas comunidades, com seus parceiros e fornecedores.

Leia mais

Música

Ingressos já estão à venda e custam a partir de R$ 80

Moda

Clean girl deu voz à sua garota interior e mostrou seu lado mais rebelde

Cinema

Filme chegou aos cinemas na segunda de Carnaval

Gente

Espaço exclusivo para convidados recebe, em média, 800 pessoas por dia

Música

Evento começa nesta quinta-feira, 17

Gente

O Fasano Salvador realizou sua tradicional Feijoada no Domingo de Carnaval, em homenagem aos Filhos de Gandhy. A promoter Licia Fábio e o gerente...

Gente

Carlinhos Brown e Licia Fabio celebraram na terça-feira (13) o sucesso do  seu camarote que estreou neste Carnaval e registrou mais de 5 mil...

Gente

A cantora e compositora Érica Pinna fez bonito na folia baiana. Logo no primeiro dia do carnaval, ela cantou no trio do Araketu, sexta-feira...