Connect with us

Olá, o que você está procurando?

Negócios

Petrobahia vai expandir oferta de gás natural em toda a Bahia

Itabuna sediará a primeira unidade no Nordeste de liquefação e compressão de gás natural (GN) oriundo de gasoduto. A unidade permitirá que o combustível, avaliado como de baixo impacto para o meio ambiente, com o custo por quilômetro rodado até 30% menor do que a gasolina e o álcool, usado em veículos, e com o preço competitivo do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), usado pelas indústrias, chegue a regiões distantes do gasoduto da Bahiagás, a exemplo do Oeste do estado, Vitória da Conquista, Jequié e Juazeiro.

A pedra fundamental do projeto foi lançada hoje, 13/12, pelo presidente da distribuidora de combustíveis Petrobahia, Thiago Andrade, com as presenças do CEO da GNLink, Marcelo Rodrigues, e do prefeito de Itabuna, Augusto Castro. Em visita à cidade baiana Thiago Andrade também participa do Fórum Empresarial da Bahia, no Centro de Cultura Adonias Filho, das 18h às 22h. No evento, Andrade integra o painel “Governança e investimentos para o desenvolvimento Econômico do Sul da Bahia”.

A unidade faz parte do projeto da Petrobahia de construção de Corredores Azuis, infraestrutura pensada para permitir o uso de gás natural como combustível em veículos rodoviários e indústrias em áreas até mil km de distância do gasoduto.

Fruto de parceria entre a distribuidora de combustíveis baiana e a GNLink, a unidade, com capacidade de produção de 98.000 m3/dia, tem operação prevista para o terceiro trimestre de 2024. De acordo com Thiago Andrade, este projeto de vanguarda garante novos avanços na interiorização do gás natural na Bahia e em outras regiões do Nordeste, e já apresenta a necessidade de dobrar a capacidade operacional para atender a demanda que vem se anunciando promissora.

“A partir da unidade, vai ser possível instalar postos, aproximadamente, a cada 300 quilômetros de distância uns dos outros, criando Corredores Azuis. A meta é chegar até Luís Eduardo Magalhães, Juazeiro e os principais eixos rodoviários do estado, com postos Petrobahia disponibilizando GN para o consumidor”, explica.

Com investimento da ordem de R$ 155 milhões, o projeto prevê que a GNLink compre o gás natural da Bahiagás, opere e mantenha as unidades de processamento e distribuição do Gás Natural Liquefeito (GNL) e Gás Natural Comprimido (GNC). Já a Petrobahia será responsável pela logística, contando com a expertise da Transbahia Transportes, e ainda utilizará o gás natural para ampliar a sua rede de postos com Gás Natural Veicular (GNV) pela Bahia.

Hub de Suprimento

A Petrobahia está desenvolvendo parcerias com outros fornecedores de gás natural no Nordeste, para que no futuro possa fechar vários círculos com raio de ação de mil km e assim expandir a oferta de GN no Nordeste, numa espécie de amplo hub logístico de suprimento desse combustível.

“Seremos responsáveis pela infraestrutura nos polos supridores e na entrega aos clientes. O primeiro eixo deste projeto é, a partir da costa nordestina, expandindo-se para o interior”, conclui Thiago Andrade.

Leia mais

Música

Ingressos já estão à venda e custam a partir de R$ 80

Moda

Clean girl deu voz à sua garota interior e mostrou seu lado mais rebelde

Cinema

Filme chegou aos cinemas na segunda de Carnaval

Gente

Espaço exclusivo para convidados recebe, em média, 800 pessoas por dia

Música

Evento começa nesta quinta-feira, 17

Gente

O Fasano Salvador realizou sua tradicional Feijoada no Domingo de Carnaval, em homenagem aos Filhos de Gandhy. A promoter Licia Fábio e o gerente...

Gente

Carlinhos Brown e Licia Fabio celebraram na terça-feira (13) o sucesso do  seu camarote que estreou neste Carnaval e registrou mais de 5 mil...

Gente

A cantora e compositora Érica Pinna fez bonito na folia baiana. Logo no primeiro dia do carnaval, ela cantou no trio do Araketu, sexta-feira...