Connect with us

Olá, o que você está procurando?

Gente

Exposição e livro trazem à luz a obra do fotógrafo baiano Voltaire Fraga

Avenida Sete de Setembro, década de 1940 - Foto | Voltaire Fraga
Avenida Sete de Setembro, década de 1940 - Foto | Voltaire Fraga

As imagens do cotidiano da Salvador do século passado, uma cidade moderna e em evolução, bem como os elementos culturais que formaram a Bahia, as paisagens urbanas e naturais, as festas populares e os seus personagens, são o tema central do livro e exposição “Voltaire Fraga – Uma Bahia em Movimento”, que celebra a vida e obra do fotógrafo baiano, com lançamento no dia 13 de dezembro, na Alban Galeria (Ondina), a partir das 17h30.

Ao longo de 240 páginas, o livro registra a produção artística de Voltaire Fraga e suas diversas fases de produção, mesclando imagens com uma fortuna crítica de textos de pessoas que conviveram com o artista e sua obra, além da produção de um relato biográfico inédito que contextualiza sua vida pessoal e trabalho.

Já a exposição reunirá 30 quadros de tamanhos variados, divididos nos mesmos quatro temas que inspiraram o livro: cidade, trabalho, festa e personagens. A curadoria é de Marcelo Campos, curador-chefe do Museu de Arte do Rio e doutor em Artes Visuais. No lançamento do dia 13, ele se une ao historiador Francisco Sena para uma palestra a respeito do projeto e do trabalho do artista. A mediação é de André Portugal, sócio-diretor da P55 Edição, responsável pelo lançamento do livro, que conta com patrocínio da GPE Global por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

Enquanto fotógrafo a serviço do estado, Voltaire Fraga documentou mudanças no ambiente artístico de Salvador, tornando-se um agente da divulgação de uma estética modernista em escala local. Ele fez contribuições em jornais e revistas de circulação nacional, como “O Cruzeiro”, “Correio da Manhã”, “A Noite” e “Diário de Pernambuco”. Instituições como o Museu de Arte da Bahia (MAB), antigo Museu do Estado da Bahia; o fundo documental do Escritório do Plano de Urbanismo da Cidade do Salvador (Epucs), que se encontra no Arquivo Histórico Municipal de Salvador; o Instituto Geográfico e Histórico da Bahia (IGHB); e a Biblioteca Noronha Santos, do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), no Rio de Janeiro, foram algumas das que demandaram seu trabalho.

Leia mais

Gente

Evento norte-americano de cirurgia robótica será realizado de 22 a 24 de fevereiro

Cinema

Em crise financeira, Enzo Ferrari (Adam Driver) passa por dificuldades também na vida pessoal, tendo perdido recentemente o filho com Laura (Penélope Cruz). Mas...

Gastronomia

Speakeasy em Salvador concorre a Cocktail Maestros, de Havana Club

Música

Para quem já está com saudade da folia, o Carnavalito 2024 vai trazer uma grande novidade. A quarta edição do evento, que agita a...

Gastronomia

Uma das mais tradicionais vinícolas italianas, Beni di Batasiolo, apresenta suas joias enológicas ao Brasil. Fundada em 1978, ela traz maestria na produção de...

Viagem

Tivoli Ecoresort Praia do Forte eleva o conceito de hospedagem com suas exclusivas Pool Villas em uma jornada única em meio à natureza e...

Moda

Manifestar. Muito além do que se vê, a Colcci veio para expressar ideias, explorar detalhes e inspirar tendências. E nesta nova coleção de outono...

Moda

A PUMA e CHEETOS lançam no Brasil o Scoot Zeros x CHEETOS, um tênis especial criado para o novato da NBA Scoot Henderson, como...