Pode ser utilizada como trepadeira ou deixada com ramos pendentes - podendo preencher espaços como prateleiras e superfícies ou criar um ponto verde ao lado do sofá. Se adapta a ambientes com menor incidência de luz (meia sombra) e em pleno sol. Precisa ser regada de duas a três vezes por semana.

Jiboia

Foto | André Sá Gomes

Símbolo da alegria e da boa sorte, é uma planta de meia sombra, que cresce lentamente e pode atingir até 5 metros de altura. Com a folhagem verde escura e corpulenta, arbusto lenhoso e forte, ela se destaca em qualquer paisagem. Recomendado regar o arbusto apenas duas ou três vezes por semana.                  

Árvore da Felicidade

Foto | André Sá Gomes

Pode aparecer em arranjos e vasos na sala, sobre a mesa ou ser uma ótima opção para o banheiro. Ela pode ficar próxima de uma janela ou sacada para que receba luz solar indireta e fique protegida. A rega três vezes por semana é suficiente.

Antúrio

Foto | André Sá Gomes

Com folhas compridas, muito resistentes e pontudas, apresenta várias tonalidades diferentes de verde, o que deixa o ambiente sofisticado. Se adapta fácil aos espaços, deve ser regada semanalmente ou quando o solo estiver seco. Pode ser cultivada em ambientes de muita luz ou meia-sombra.

Espada-de-São-Jorge

Foto | André Sá Gomes

Conhecida como “a planta que atrai boas energias”, é ideal para apartamentos e ambientes internos. Ela não gosta de sol direto e geralmente não passa de 1m, mas seus ramos costumam se abrir e compor um visual bem marcante. É tóxica, deve ser mantida longe de crianças e pets

Zamioculca

Foto | André Sá Gomes