Connect with us

Olá, o que você está procurando?

Negócios

BYD envia primeira turma de brasileiros da fábrica de Camaçari para intercâmbio na China

Grupo vai passar 3 meses na sede da empresa em Shenzhen

Foto | Divulgação BYD

 A BYD começa a promover a troca de experiências entre brasileiros que trabalham na fábrica de Camaçari, na Bahia, com os colegas que trabalham na sede da greentech em Shenzhen, na China. A equipe é formada por especialistas, engenheiros e líderes das áreas de qualidade, processos, planejamento, logística e armazenamento.

Serão três meses de intercâmbio na China para os profissionais conhecerem o funcionamento de toda a cadeia de produção de automóveis que é desenvolvida pela matriz da BYD. Os participantes irão interagir com engenheiros e profissionais técnicos que cuidam dos projetos e da linha de produção dos carros elétricos da companhia, que é líder mundial em vendas.

“Os treinamentos vão possibilitar a troca de conhecimento entre equipes e processos. Vamos construir aqui na Bahia o que há de mais moderno em tecnologia automotiva, tendo a nossa matriz na China como espelho. Temos hoje colaboradores chineses aprendendo aqui com a gente e agora chegou a vez dos brasileiros irem pra China conhecer a fundo como os projetos nascem e são desenvolvidos por lá. Vamos transformar a Bahia num hub de exportação e temos muito trabalho pela frente”, afirma Alexandre Barbosa, diretor técnico da BYD Auto Camaçari.

A equipe com 14 profissionais é formada por 12 baianos, um piauiense e um paulista. Todos foram contratados no começo do ano para a unidade BYD Auto Camaçari, onde está sendo construída a maior fábrica da BYD fora da Ásia. Entre eles, uma mulher, a engenheira de Qualidade Sheina Tura, que nasceu em Irecê, no centro-norte baiano. A profissional tem uma larga experiência em processos de qualidade de fabricação de automóveis e, na BYD Auto Camaçari, será uma das responsáveis pela análise de diagnóstico das peças que compõem o carro para prevenir problemas ou gerar ações corretivas, quando necessárias. Durante o treinamento em Shenzhen, a engenheira vai conhecer os detalhes das peças e equipamentos e a origem de toda a produção.

“Conhecer o produto BYD num alto nível de detalhe vai ajudar a entender o processo e chegar na raiz de um possível problema, antes mesmo que ele aconteça”, diz Sheina. Um grande conhecimento que ela vai trazer da fábrica de carros elétricos mais moderna do mundo e que será replicado para a equipe na Bahia. A única apreensão é com o marido e a gatinha Princesa que vão ficar em Salvador sozinhos até setembro. “Dá mesmo um frio na barriga, mas é uma grande oportunidade para nós que estamos fazendo parte desse momento de implantação”, ressalta Sheina.

Leia mais

Salvador

Em sua primeira visita ao Brasil, a jornalista Kristin Braswell escreveu para a conceituada revista “Travel + Leisure”, especializada em viagens há mais de 80...

Música

O GG Léo Santana acaba de anunciar a abertura de vendas para a edição do PaGGodin – seu mais novo projeto de samba, que...

Cinema

Longa chega aos cinemas nesta quinta-feira

Música

Com shows de Luiz Caldas, Negra Cor e Herbert Richard, o evento Black Tie celebra os 72 anos do hotel e os 18 da...

Gente

Vini Figueira participou do primeiro encontro cozinhando no Florense Salvador

Cinema

No final da década de 60, em plena Guerra Fria, Estados Unidos e Rússia disputavam o espaço. Enquanto os russos mandaram o primeiro homem...

Gastronomia

As noites no Porto Seguro Praia Resort ganharam novas cores e sabores, com os Jantares Temáticos, que estão sendo servidos no Cabral 500, o...