Connect with us

Olá, o que você está procurando?

Literatura

Jornalista baiana lança livro em homenagem a Letieres Leite e Orkestra Rumpilezz 

Vanessa Aragão constrói narrativa a partir de pesquisas sobre a música afro-brasileira e das memórias afetivas que vivenciou junto ao maestro e a orquestra

Foto | Ana Julia Ribas

Um livro com vivências, pesquisas e análises que homenageiam e reverenciam a obra do maestro Letieres Leite e de sua Orkestra Rumpilezz, será lançado na próxima terça-feira, dia 7 de maio de 2024, pela Editora Letramento. Com autoria da jornalista e cineasta baiana Vanessa Aragão, o  livro “Rumpilezz: A Performance e Sensibilidade de Letieres Leite e sua Orkestra” estará à venda no site e redes da editora mineira. O valor de cada unidade do livro é R$ 59.

O lançamento acontece de forma virtual, através de uma live no instagram da autora @vanessaragao, com a participação do percussionista Gabi Guedes e a produtora cultural Edmilia Barros, que também trabalham com a Rumpilezz.

Resultado da dissertação de mestrado da autora, defendida em 2022 na Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), a obra analisa a música afro-brasileira e instrumental, através do trabalho artístico produzido pela Rumpilezz. Vanessa constrói um estudo que parte do seu olhar sensível e memória afetiva, levando em conta o trabalho que, desde 2018, desenvolve na cobertura fotográfica e audiovisual da orquestra. 

 “Meu projeto de mestrado era outro. Me aproximei bastante de Letieres e da Orkestra durante o meu trabalho audiovisual e decidi pesquisar a Rumpilezz, esse grupo genial de Letieres que sempre me inspirou e que valoriza devidamente a nossa cultura afro-baiana e afro-brasileira”.

Com relatos de suas vivências nos bastidores e proximidade de Letieres e todos da equipe da Rumpilezz, a autora descreve na introdução o seu primeiro contato com a orquestra, que foi filmando o show “Letieres Leite e Orkestra Rumpilezz convida Caetano Veloso”, na inauguração do Hotel Fasano (Centro de Salvador). O livro traz muitas passagens como essas, além da análise teórica sobre a performance e a sensibilidade afro-brasileira do grupo. Vanessa também conta sobre sua experiência pessoal e ligação com a música, os artistas e o impacto que sentiu com a notícia da morte do maestro em 2021.

“Esse livro significa muito pra mim. Eu gostaria imensamente que Letieres pudesse estar aqui comigo nesse momento. Acredito que de alguma forma ele está, em outra dimensão, regendo de lá também. Letieres sempre foi atencioso no meu projeto de pesquisa.  Respondia tudo na maior satisfação e alegria. Além de um chefe querido e mente genial, era um amigo que você podia contar e conversar sobre tudo. Esse livro é uma forma de manter o seu legado vivo. Sei que foi um privilégio estar próximo a ele nesses últimos 4 anos e por isso quero passar adiante tudo que aprendi, observei e pesquisei sobre a música afro-brasileira instrumental. Espero honrar esse legado através de minhas palavras neste livro-pesquisa-relato”.

Leia mais

Música

Com shows de Luiz Caldas, Negra Cor e Herbert Richard, o evento Black Tie celebra os 72 anos do hotel e os 18 da...

Música

O som do cantor Belo vai tomar conta do Armazém Convention. Considerado um dos principais nomes da música brasileira e ícone do pagode romântico,...

Beleza

A grande novidade na indústria da beleza é a chegada do blush em pó Soft Pinch ao Brasil, um produto que promete transformar a...

Gente

Lançamento bem-sucedido marca um capítulo importante na carreira da escritora

Moda

Estética western, elementos românticos, itens bicolores e transparência marcam o lançamento

Gente

Titulado “Tricô”, o livro traz poesias inéditas através dos versos que ressaltam sentimentos que permeiam a existência

Beleza

Em comemoração aos seus 40 anos de história, a M·A·C Cosmetics está trazendo de volta algumas das tonalidades de batons mais icônicas e queridas...