Connect with us

Olá, o que você está procurando?

Teatro

Cláudia Abreu apresenta monólogo sobre Virginia Woolf em Salvador

Atriz se apresenta no Teatro Sesc Casa do Comércio

Foto | Pablo Henriques

Cláudia Abreu, uma das atrizes mais aclamadas do Brasil, apresenta seu primeiro solo teatral, “VIRGINIA“, nos dias 31 de maio01 e 02 de junho, às 20h, no Teatro Sesc Casa do Comércio, em Salvador. Os ingressos custam a partir de R$ 50 e estão à venda no Sympla e na bilheteria do teatro.

Com direção magistral de Amir Haddad, renomado no cenário teatral brasileiro, “VIRGÍNIA” é um mergulho profundo no universo complexo e fascinante de Virginia Woolf (1882-1941). Este espetáculo marca não apenas a estreia de Claudia Abreu como autora teatral, mas também seu retorno triunfante aos palcos.

A relação de Cláudia com Virginia Woolf começa em ‘Orlando’, encenação assinada por Bia Lessa, em 1989. Aos 18 anos, ela travou contato inicial com a escritora de clássicos como ‘Mrs Dalloway’, ‘Ao Farol’ e ‘As Ondas’. No entanto, somente em 2016, com a indicação de uma professora de literatura, que a atriz reencontrou e mergulhou de cabeça no universo da autora. Após ler e reler alguns livros, incluindo as memórias, biografias e diários, a vontade de escrever sobre Virgínia falou mais alto.

‘Eu me apaixonei por ela novamente. Fiquei fascinada ao perceber como uma pessoa conseguiu construir esta obra brilhante com tanto desequilíbrio, tragédias pessoais e problemas que teve na vida. Como ela conseguiu reunir os cacos?’, questiona a atriz, que enxerga ‘Virginia’ também como um marco de maturidade em sua trajetória: ‘o texto também vem deste desejo de fazer algo que me toca, do que me interessa falar hoje. De falar do ser humano, sobre o que fazemos com as dores da existência, sobre as incertezas na criação artística, também falar da condição da mulher ontem e hoje. Não poderia fazer uma personagem tão profunda sem a vivência pessoal e teatral que tenho hoje’, avalia.

A dramaturgia de ‘Virginia’ foi concebida como inventário íntimo da vida da autora. Em seus últimos momentos, ela rememora acontecimentos marcantes em sua vida, a paixão pelo conhecimento, os momentos felizes com os queridos amigos do grupo intelectual de Bloomsbury, além de revelar afetos, dores e seu processo criativo.

A estrutura do texto se apoia no recurso mais característico da literatura da escritora: a alternância de fluxos de consciência, capaz de ‘dar corpo’ às vozes reais ou fictícias, sempre presentes em sua mente.

Leia mais

Viagem

Todos os anos, as baleias-jubarte migram para águas tropicais para acasalar, dar à luz e amamentar seus filhotes durante o inverno, enquanto passam o...

Teatro

Apresentações acontecem no Teatro Sesc Casa do Comércio

Beleza

Nesta temporada, a Fenty Beauty lança a coleção limitada Bronze All Ova, destacando tons bronzeados dos olhos aos lábios. A linha inclui o Gloss...

Saúde

Dr. Humberto Filho, um dos nomes de referência em Invisalign na Bahia, acredita que os alinhadores são uma grande realidade

Moda

Marca italiana especialista em legwear apresenta modelos de meias e meias-calças com estampas e inscrições que refletem todo o amor dessa data

Salvador

Com o objetivo de proporcionar praticidade, comodidade e agilidade, o Salvador Shopping vai lançar um novo sistema de estacionamento no mês de junho. A...

Negócios

A Loja Re-programe acaba de lançar um novo produto que promete revolucionar as manhãs de quem busca mais saúde, bem-estar e disposição: o Shot...

Moda

A PUMA e LaMelo Ball lançaram uma nova versão do tênis MB.03 (R$ 1.299,00), em colaboração com o artista Colm Dillane, da KidSuper. O...