Connect with us

Olá, o que você está procurando?

Saúde

Bahia lidera número de casos novos do câncer de colo de útero na região Nordeste

Problema de saúde pública, o câncer de colo de útero, também conhecido como câncer cervical, representa o terceiro tumor maligno mais frequente na população feminina do Brasil (atrás do câncer de mama e do colorretal). De acordo com estimativa do Instituto Nacional do Câncer (INCA), o país deve registrar 17.010 novos casos da doença em 2024. A Bahia, com estimativa de 1160 novos casos em 2024, é o estado da região Nordeste com maior número de novos casos da doença.

A principal causa do câncer cervical é a infecção persistente por determinados tipos de HPV (Papilomavírus humano), vírus transmitidos em relações sexuais sem proteção, principalmente o HPV-16 e o HPV-18, considerados de alto risco oncogênico.

“A realização dos exames preventivos de rotina, como o Papanicolau, é fundamental para prevenir o câncer de colo de útero”, afirma Airton Ribeiro, ginecologista e diretor médico da CAM.  De acordo com ele, o exame é capaz de detectar não apenas o câncer em fases iniciais ou avançadas, mas até lesões pré-malignas que podem ser tratadas precocemente, evitando o desenvolvimento da doença.

O oncologista Fernando Nunes, da Oncoclínicas na Bahia, lembra que o câncer de colo de útero, apesar de ser o terceiro de maior incidência em mulheres brasileiras, é uma neoplasia prevenível.  “A vacinação contra o HPV também é uma das principais aliadas na prevenção dos cânceres ginecológicos”, explica o especialista.

Ambos os especialistas concordam: o exame ginecológico preventivo, a vacina HPV e o sexo seguro (com uso de preservativo) são as principais medidas para prevenção do câncer de colo de útero.

Além da infecção pelo HPV, outros fatores podem facilitar a infecção e colaborar para o surgimento do câncer de colo de útero, como a iniciação sexual precoce, o tabagismo, a higiene íntima inadequada e a multiplicidade de parceiros.

A maioria das infecções por HPV regride espontaneamente entre seis meses a dois anos da exposição, especialmente em mulheres com menos de 30 anos, mas acima dessa idade é mais comum que as infecções sejam mais persistentes.

Sintomas

De desenvolvimento lento, o câncer do colo do útero, muitas vezes, não apresenta sintomas em sua fase inicial.

Dores durante relação sexual, secreção vaginal anormal, dor abdominal associada a queixas urinárias ou intestinais e sangramento após relação sexual são alguns dos sintomas que podem ocorrer em casos mais avançados.

“Ao notar qualquer sintoma é fundamental que a mulher busque seu ginecologista para atendimento”, orienta Airton Ribeiro. O médico esclarece que o exame preventivo deve ser feito independente da presença de sintomas. “A detecção precoce da doença, quando ela ainda não apresenta sintomas, faz toda diferença no tratamento e aumenta as chances de cura”, destaca o diretor médico da CAM.

Tratamento

O tratamento é individualizado e as abordagens terapêuticas dependem do estágio da doença, podendo envolver cirurgia, radioterapia e quimioterapia ou técnicas combinadas.  “Os avanços das cirurgias minimamente invasivas, da tecnologia radioterápica e de novas drogas usadas no combate à doença têm tornado o tratamento menos tóxico e mais eficaz”, finaliza Fernando Nunes.

Leia mais

Música

Ingressos já estão à venda e custam a partir de R$ 80

Moda

Clean girl deu voz à sua garota interior e mostrou seu lado mais rebelde

Cinema

Filme chegou aos cinemas na segunda de Carnaval

Música

Evento começa nesta quinta-feira, 17

Gente

Espaço exclusivo para convidados recebe, em média, 800 pessoas por dia

Gente

O Fasano Salvador realizou sua tradicional Feijoada no Domingo de Carnaval, em homenagem aos Filhos de Gandhy. A promoter Licia Fábio e o gerente...

Gente

Carlinhos Brown e Licia Fabio celebraram na terça-feira (13) o sucesso do  seu camarote que estreou neste Carnaval e registrou mais de 5 mil...

Gente

A cantora e compositora Érica Pinna fez bonito na folia baiana. Logo no primeiro dia do carnaval, ela cantou no trio do Araketu, sexta-feira...