Connect with us

Olá, o que você está procurando?

Gastronomia

Guia MICHELIN Buenos Aires e Mendoza revela sua primeira seleção

Buenos Aires e Mendoza são as duas primeiras cidades hispânicas da América do Sul a ter seus restaurantes recomendados pelo Guia MICHELIN

Buenos Aires - Foto | Divulgação
Buenos Aires - Foto | Divulgação

Michelin tem o prazer de divulgar a primeira seleção de restaurantes do Guia MICHELIN Buenos Aires e Mendoza. Um total de 71 restaurantes, sendo 52 em Buenos Aires e 19 em Mendoza, são recomendados pelas inspetoras e pelos inspetores do Guia MICHELIN.

Entre eles, há 1 estabelecimento com duas Estrelas MICHELIN (em Buenos Aires), 6 restaurantes com uma Estrela MICHELIN (2 em Buenos Aires e 4 em Mendoza) e 7 estabelecimentos Bib Gourmand – a distinção do Guia atribuída aos estabelecimentos que oferecem uma culinária de qualidade a preço moderado (todos em Buenos Aires). Por fim, 7 restaurantes são distinguidos com a Estrela Verde MICHELIN por seu compromisso notável em matéria de gastronomia sustentável.

“Estamos felizes em apresentar nossa primeira seleção de restaurantes para Buenos Aires e Mendoza. Nossos inspetores estão interessados nessas duas cidades há algum tempo e ficaram impressionados com a qualidade, a criatividade e a hospitalidade calorosa dos restaurantes locais. O número e a diversidade dos estabelecimentos que eles recomendam – incluindo 7 restaurantes que recebem imediatamente uma ou duas Estrelas MICHELIN – demonstram como a Argentina se estabeleceu como um destino gastronômico global que merece ser descoberto”, comenta Gwendal Poullennec, Diretor Internacional do Guia MICHELIN.
 

“Entre as principais tendências que observaram, nossos inspetores ficaram felizes em constatar o compromisso de muitos chefs em usar e respeitar – por meio de técnicas clássicas ou mais contemporâneas – os produtos locais e sazonais. Não apenas as melhores carnes, deliciosamente grelhadas de acordo com a tradição do ‘asado argentino’, mas também frutas e vegetais notáveis, associados a vinhos excepcionais – incluindo o emblemático Malbec – provenientes das campanhas férteis e abundantes. Estamos ansiosos para continuar a descobrir e recomendar os melhores restaurantes de Buenos Aires e Mendoza, e esperamos sinceramente que nossa seleção incentive os viajantes de todo o mundo e os gourmets do país a visitar esses restaurantes excepcionais.”

1 restaurante distinguido com duas Estrelas MICHELIN

Entre os 71 estabelecimentos recomendados nesta primeira seleção argentina, 1 restaurante de Buenos Aires se destaca e recebe diretamente duas estrelas MICHELIN, saudando “uma cozinha de exceção, que vale a pena fazer uma viagem para experimentar”.

O Aramburu (em Buenos Aires), comandado pelo chef-proprietário Gonzalo Aramburu, oferece uma cozinha criativa de grande finesse que celebra o melhor dos produtos argentinos de temporada. O impressionante menu degustação – em 18 serviços – mistura inovação, técnica apurada e estética requintada, à imagem das entradas servidas suspensas em uma árvore ou das deliciosas iguarias marinhas. A partir da cozinha aberta, os comensais se deixarão facilmente impressionar pelo balé virtuoso que o chef e sua equipe apresentam.

6 restaurantes premiados com uma Estrela MICHELIN

Seis restaurantes recebem uma estrela MICHELIN por sua “cozinha de grande finesse, que vale a pena visitar”. Dois estão localizados em Buenos Aires e quatro em Mendoza.

No Don Julio, restaurante de churrascos renomado em Buenos Aires, o chef Guido Tassi assina um menu que demonstra sua paixão pelas melhores carnes argentinas e os vinhos nacionais mais finos. Uma imersão no coração da cultura culinária local que, graças ao talento do chef e de sua equipe, atinge um nível gastronômico notável.

O Trescha (Buenos Aires), dirigido pelo jovem chef Tomás Treschanski, pretende ser um verdadeiro laboratório gastronômico. Aqui, o menu degustação – que muda a cada três meses – apresenta 15 etapas de pequenas porções, cada uma mais criativa que a outra. O número de técnicas culinárias e ingredientes diferentes usados em cada prato é impressionante; é o resultado de inúmeros testes conduzidos pelo chef em sua “Kitchen Test”, o espaço de pesquisa e desenvolvimento localizado no primeiro andar do restaurante.

Em Mendoza, o restaurante Azafrán também é premiado com uma estrela MICHELIN. Os três menus degustação, que combinam receitas clássicas e toques de criatividade contemporânea, conquistaram as inspetoras e os inspetores do Guia MICHELIN. Muito apegado aos produtos de qualidade que a região de Mendoza oferece, o chef Sebastián Weigandt acrescenta até mesmo um toque patrimonial às suas propostas, pois elas se inscrevem em um projeto de estudo – batizado de DOP – que documenta a antiga alimentação dos primeiros habitantes da região.

No Brindillas (em Mendoza), o chef Mariano Gallego elabora propostas que respiram imaginação e modernidade. Construídas sobre sólidas bases técnicas, suas assiettes homenageiam os produtos locais, aqui com alguns toques internacionais. O menu degustação – em sua versão longa ou curta – é delicado e demonstra um cuidado especial com o jogo de texturas, como este prato de berinjela grelhada, servido com molho romesco e acompanhado de cubos de anchovas salgadas.

A Casa Vigil (em Mendoza) surpreendeu as equipes de seleção do Guia MICHELIN com sua abordagem única e lúdica, inspirada na Divina Comédia de Dante, e orquestrada pelo chef Ivan Azar. Mais do que um restaurante, este local oferece visitas guiadas pelos vinhedos e pomares da propriedade, enquanto na mesa, os menus contemporâneos exaltam os produtos sazonais da região, fornecidos por pequenos produtores locais.

Finalmente, o Zonda Cocina de Paisaje (em Mendoza) também recebe uma estrela MICHELIN. O chef Augusto Garcia eleva ao nível gastronômico uma cozinha simples e essencial que celebra, por intermédio de 4 menus oferecidos, as melhores matérias-primas locais, bem como os vegetais colhidos diariamente nos jardins biológicos da propriedade. Para quem deseja viver uma experiência completa na descoberta dos tesouros de Cuyo, o estabelecimento também oferece uma visita aos pomares, seguida de uma degustação.

7 restaurantes reconhecidos pela Estrela Verde MICHELIN por seus compromissos de sustentabilidade admiráveis

Nesta primeira seleção de restaurantes, não são menos de 7 estabelecimentos que recebem a Estrela Verde MICHELIN (4 em Buenos Aires e 3 em Mendoza). A Estrela Verde, mais nova das distinções MICHELIN, transcende as outras distinções do Guia e destaca os restaurantes modelos da seleção em termos de gastronomia sustentável. Fonte de inspiração tanto para os gourmets quanto para todos os profissionais da restauração, esses estabelecimentos pioneiros desenvolvem cada um suas próprias iniciativas. No entanto, eles têm em comum a conciliação de excelência culinária e compromissos sustentáveis notáveis.

Entre os estabelecimentos distinguidos, o restaurante uma estrela MICHELIN Don Julio (em Buenos Aires), conhecido por suas carnes grelhadas, enfatiza a origem de seus produtos com seu próprio açougue, além de 2 fazendas, uma horta urbana e um discurso inspirador sobre a pecuária regenerativa. Também distinguido, o restaurante estrelado Casa Vigil (em Mendoza) se destaca pelo seu cuidado em mergulhar seus convidados no coração das explorações agrícolas vizinhas. Quer se trate de fazer visitas aos vinhedos ou pomares da região de Chachingo, ou celebrar os melhores produtos da estação cultivados diretamente no local ou em explorações próximas, Casa Vigil desenvolve uma abordagem lúdica e pedagógica.

Os estabelecimentos Zonda Cocina de Paisaje (em Mendoza), Anchoíta (em Buenos Aires), Crizia (em Buenos Aires), El Preferido de Palermo (em Buenos Aires) e Riccitelli Bistró (em Mendoza) também são distinguidos por suas abordagens e iniciativas sobre a origem de seus produtos, a redução da cadeia de suprimentos e a composição de seu cardápio.

O Bib Gourmand é concedido a 7 estabelecimentos

Como parte da seleção do Guia MICHELIN, o Bib Gourmand destaca os restaurantes que se distinguem por seu excelente custo-benefício. Frequentemente considerados como os bons planos dos inspetores do Guia MICHELIN, os restaurantes da categoria Bib Gourmand são particularmente apreciados pelos gourmets que procuram endereços acessíveis, sem abrir mão da qualidade dos produtos e da cozinha. Nesta primeira seleção, 7 estabelecimentos, todos localizados em Buenos Aires, são premiados com um Bib Gourmand e oferecem estilos de cozinha variados.

No Anafe, o duo de chefs que dirige a cozinha do estabelecimento assina uma cozinha moderna, que reflete uma trajetória muito internacional. À mesa, os pratos para compartilhar combinam sabores e técnicas cosmopolitas, enquanto o uso constante do churrasco enraíza as propostas na tradição argentina. O Bis Bistró é um restaurante de cardápio contemporâneo que se diverte em revisitar receitas saborosas de inspiração clássica, realçadas com toques modernos.

No Mengano, o chef Facundo Kelemen busca no repertório culinário familiar argentino para propor pratos de tapas que são ao mesmo tempo típicos e lindamente modernizados.

O Caseros, por sua vez, aposta na tradição ao propor pratos saborosos, preparados como em casa.

Os amantes da culinária italiana se deliciarão no La Alacena Trattoria, onde a chef-proprietária Julieta Oriolo propõe uma cozinha de alma. No cardápio, figura uma ampla seleção de antipasti e as massas, feitas à mão, ocupam um lugar especial.

No Reliquia, os jovens proprietários criaram um espaço aconchegante, com uma cozinha familiar e rústica. Na cozinha, o chef imagina saborosas e numerosas marinadas para realçar seus pratos, muitos dos quais valorizam os vegetais.

Finalmente, o Bib Gourmand premia um restaurante de churrasco: o República del Fuego, onde o chef Patricio Pescio celebra o tradicional churrasco argentino, com apresentações aqui requintadas.

Outros 57 estabelecimentos são recomendados pelo Guia MICHELIN

Além dos estabelecimentos que receberam uma ou mais estrelas MICHELIN ou o Bib Gourmand, as inspetoras e os inspetores selecionaram e recomendam outros 57 estabelecimentos (42 em Buenos Aires e 15 em Mendoza).

Se os estabelecimentos de culinária local tradicional de carnes e churrascos estão amplamente representadas nesta seleção (com por exemplo Abrasado, Fogón Cocina de Viñedo, Quimera Bistró ou Renacer em Mendoza; Benedetta, Duhau Restaurant & Vinoteca, El Preferido de Palermo ou ainda La Carniceria em Buenos Aires), os amantes de cozinhas vindas de outros lugares encontrarão em Buenos Aires sabores asiáticos (Niño Gordo), mediterrâneos (Basa), japoneses (Buri Omakase, Kōnā Corner, Uni Omakase), israelenses (Mishiguene), coreanos (Na Num), italianos (La Alacena Trattoria, Raggio Osteria, Sottovoce) ou ainda escandinavos (Sál).

Em Buenos Aires, Chuí, Gioia Cocina Botánica, Marti ou ainda Sacro propõem, por sua vez, uma excelente culinária vegetariana.

Dois Prêmios Especiais MICHELIN

Além de recomendar restaurantes de qualidade, o Guia MICHELIN homenageia profissionais de talento que contribuem para proporcionar aos seus clientes experiências gastronômicas memoráveis. Ao atribuir esses Prêmios Especiais, o Guia MICHELIN também deseja destacar a diversidade das profissões e dos saberes que enriquecem o setor de restaurantes.

Para a primeira seleção do Guia MICHELIN Buenos Aires e Mendoza, os inspetores escolheram premiar dois vencedores.

Prêmio MICHELIN de Sommelier

O Prêmio MICHELIN de Sommeller, que reconhece o know-how, o conhecimento e a paixão de um talentoso sommelier, é concedido a Martín Bruno, que dirige o estrelado restaurante Don Julio, em Buenos Aires. O sommelier, eleito o melhor sommelier da Argentina em 2017 e um dos 15 melhores do mundo em 2019, impressionou os inspetores do Guia MICHELIN.

Prêmio MICHELIN do Jovem Chef

O Prêmio MICHELIN de Jovem Chef homenageia um jovem chef cujo talento e potencial impressionaram fortemente as equipes de seleção do Guia MICHELIN. O vencedor deste ano é Tomás Treschanski, o chef e proprietário do restaurante Trescha, com uma estrela MICHELIN, em Buenos Aires. Este jovem chef com experiência internacional demonstra técnica, finesse e minúcia em cada uma de suas criações. Ele concebe a gastronomia como uma partitura artística e seus pratos impressionam pela estética, sabores e texturas magistralmente dominadas.

Leia mais

Gente

Evento norte-americano de cirurgia robótica será realizado de 22 a 24 de fevereiro

Cinema

Em crise financeira, Enzo Ferrari (Adam Driver) passa por dificuldades também na vida pessoal, tendo perdido recentemente o filho com Laura (Penélope Cruz). Mas...

Gastronomia

Speakeasy em Salvador concorre a Cocktail Maestros, de Havana Club

Música

Para quem já está com saudade da folia, o Carnavalito 2024 vai trazer uma grande novidade. A quarta edição do evento, que agita a...

Gastronomia

Uma das mais tradicionais vinícolas italianas, Beni di Batasiolo, apresenta suas joias enológicas ao Brasil. Fundada em 1978, ela traz maestria na produção de...

Viagem

Tivoli Ecoresort Praia do Forte eleva o conceito de hospedagem com suas exclusivas Pool Villas em uma jornada única em meio à natureza e...

Moda

Manifestar. Muito além do que se vê, a Colcci veio para expressar ideias, explorar detalhes e inspirar tendências. E nesta nova coleção de outono...

Moda

A PUMA e CHEETOS lançam no Brasil o Scoot Zeros x CHEETOS, um tênis especial criado para o novato da NBA Scoot Henderson, como...