Conecte com a gente

Literatura

Armando Avena lança livro sobre Luiza Mahin, líder da maior revolta negra do Brasil

Publicado

em

A Editora Geração lança, em dezembro, “Luiza Mahin”, romance que conta a luta e os amores da principal heroína negra da história do Brasil. A obra, escrita por Armando Avena, tem como pano de fundo a Revolta dos Malês, a maior rebelião urbana de escravos no Brasil.

Em janeiro de 1835, aproximadamente mil homens e mulheres, armados e com vestes brancas, tomaram a cidade de Salvador com o objetivo de libertar os escravos e criar um Estado Islâmico. Esses revoltosos eram escravos negros muçulmanos alfabetizados, que se uniram a negros animistas (não-muçulmanos) para assim tomar o poder. A revolta foi planejada em todos os detalhes e até um banco foi criado para financiar as ações.

A narrativa acompanha o movimento dos negros muçulmanos e entrelaça a revolta com a biografia e os amores da líder, Luiza Mahin que, em meio a seus romances, se relacionou com um fidalgo português, que derivou no nascimento de seu filho Luiz Gama, o primeiro poeta negro brasileiro.

No romance, Luiza Mahin tem ascendência entre os negros, mas é uma mulher livre, uma negra liberta, dona de seus amores. Ela foi amante de Ahuna, líder da revolta muçulmana e do procurador da cidade, o branco Angelo Ferraz.

Figura venerada até hoje pelos baianos, considerada um dos símbolos da luta feminina contra a escravidão, a existência de Luiza Mahin ainda provoca debates no âmbito da historiografia oficial, mas no romance de Avena a protagonista é o principal elo de ligação de diversos personagens recorrentes da tradição oral da Bahia que terão suas histórias expostas. Em consequência ao período histórico, a obra retrata aspectos do cotidiano da maior cidade negra do Brasil na época escravista, e a relação de miscigenação imposta entre os Senhores de Engenho e mulheres negras escravizadas.

Luiza Mahin
Autor: Armando Avena
Editora Geração
Edição: 2019
Número de páginas: 232 páginas
Valor: R$ 39,90

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Literatura

Livro “Coaching e Mentoring – O caminho para resultados extraordinários” será lançado no Teatro Eva Herz

Publicado

em

Reprogramação mental, inteligência financeira, inteligência emocional, liderança e metas são alguns temas do livro “Coaching e Mentoring – O caminho para resultados extraordinários”, que será lançado amanhã, às 18h, no teatro Eva Herz, na Livraria Cultura do Salvador Shopping.

Coordenada por Leandro Cristo, a obra reúne 21 coautores de diversas regiões do país, incluindo o jornalista Jefferson Beltrão e o hipnoterapeuta Diego Wildberger.O evento é gratuito e, para participar, é necessário fazer a inscrição através do link http://bit.ly/lancamento_coaching_mentoring.

Continue Lendo

Literatura

Livro celebra 40 anos do jornal Correio

Publicado

em

Quando foi publicado pela primeira vez, em 15 de janeiro de 1979, o jornal Correio – Correio da Bahia, na época – trouxe um furo jornalístico nacional em sua manchete. De lá para cá, repetiu o feito em suas páginas, site e redes sociais, conquistando importantes prêmios e um público fiel e participativo. Um desempenho que é fruto do olhar apurado de centenas de jornalistas que passaram por suas redações e de profissionais de diversas áreas que construíram, ao longo de 40 anos, uma marca que hoje é referência em jornalismo, inovação e comprometimento com a sociedade.

Correio – 40 Anos de Inovação é o nome do livro que reúne em 40 capítulos os principais momentos do veículo de comunicação ao longo destas quatro décadas. A trajetória do líder em circulação (segundo o IVC – outubro de 2019) e em audiência no Nordeste, em visualizações e visitas (de acordo com o Comscore), um dos dez jornais mais lidos do Brasil no mobile, está reunida no livro assinado por Nelson Cadena, que ganha lançamento em 15 de janeiro. A obra será apresentada em sunset especial para convidados, na Marina Summer House (Bahia Marina), a partir das 17h15.

Com buffet assinado pelo chef Lucius Gaudenzi e decoração de Fernanda Brinço, o evento encerra a programação de ações que celebraram, durante 2019, os 40 anos do jornal. Ao som do saxofonista André Pagnelli, convidados de Rafael Freitas – editor do site Alô Alô Bahia e da coluna Alô Alô Correio – e da branding empresarial PR Sandy Najar poderão conhecer mais detalhes do livro, que será distribuído entre parceiros do veículo.

“O Correio continua líder absoluto, produzindo um jornalismo sério, ético e, como sempre, comprometido com os maiores interesses do estado da Bahia. E sempre atento aos novos desafios tecnológicos e mercadológicos que a era digital impõe ao mundo moderno”, celebra ACM Jr., Presidente da Rede Bahia.

Sempre vislumbrando o futuro, o Correio celebra, no livro, o fato de enxergar no seu passado o sucesso do presente e as mudanças futuras. “A era digital chegou para ficar e saber como superar os desafios para construir os próximos 40 anos tem sido uma tarefa bastante desafiadora. O Correio carrega na sua história importantes marcos que refletem estarmos na vanguarda atualmente, garantindo acesso às notícias de forma rápida, democrática e com credibilidade”, resume Renata Correia, diretora e acionista do jornal.

Continue Lendo

Literatura

Livro infanto-juvenil é inspirado na vida de Irmã Dulce

Publicado

em

A primeira santa brasileira ganhou uma publicação em sua homenagem. Cristina Cunha apresenta o livro Estelinha. O lançamento acontece no próximo dia 11, a partir das 18 horas, no quarto piso do Shopping Barra. Editado pela Caramurê, faz parte da coleção “Eu Vim da Bahia”.

No livro, Estelinha é da Cidade Baixa de Salvador. Sua família era vizinha da de Maria Rita, que hoje é Santa Dulce dos Pobres. Estelinha era cuidadora nata. Por perceber a semelhança da filha com a ilustre vizinha, sua mãe resolveu contar para ela a história de Irmã Dulce.

Isso animou Estelinha a espalhar amor e carinho com mais firmeza. Junto aos amigos da escola, formou a Sociedade dos Amigos da Inclusão.

Coleção “Eu vim da Bahia”

Depois do sucesso de 2015, a coleção volta com novos personagens. Com o objetivo de despertar o público infanto-juvenil para personagens da Bahia que se destacaram, fará homenagens a Gregório de Matos, Luis Gama, Cid Teixeira, Martagão Gesteira e Irmã Dulce.

Estes personagens, de reconhecimento nacional e mundial, são a prova viva da arte e do pensamento do povo desta terra. Serão cinco volumes e para esta coleção foram escolhidas as autoras: Cleise Mendes, Cristina Cunha, Maria Antônia Ramos Coutinho, Neide Cortizo e Regina Luz.

Este projeto foi idealizado e realizado pela Caramurê e tem o patrocínio da Braskem e do Governo do Estado da Bahia, através do Programa Estadual de Incentivo à Cultura, o FAZCULTURA. Impressa em Vitopaper, a Coleção Eu Vim da Bahia tangibiliza uma das formas de uso sustentável do plástico, reforçando o compromisso da Braskem com a Economia Circular.

Continue Lendo

Mais lidas