Conecte com a gente

Gente

Daniela Alencar brinda o sucesso da CASACOR Bahia 2019

Publicado

em

Para comemorar sua primeira participação na CASACOR Bahia, na última quarta-feira, 6, a arquiteta Daniela Alencar reuniu amigos, familiares e formadores de opinião na “Sala íntima”, ambiente idealizado pela profissional para edição baiana do maior evento de arquitetura e decoração do país.

Entre os convidados vips estavam nomes de peso, como o fotógrafo e empresário Zeca Fernandes, neto do artista plástico Jenner Augusto, a artista plástica Almira Reuter, os arquitetos Ruy Espinheira e Teca Martins, os empresários Diógenes e Cristina Alencar, além do diretor da CASACOR Bahia Carlos Amorim e sua esposa Jussara Amorim.

Entre abraços, elogios e “perlage” de espumantes, Daniela, recebeu seus convidados com um coquetel assinado pela grife gourmet Coffeetown Salvador, a queridinha do circuito jetset baiano, que encantou a todos os presentes com as iguarias servidas durante o evento.

Sala íntima

O ambiente multiuso para família assinado por Daniela Alencar é composto de um espaço de jogos, um home e um espaço para estudo, planejado para garantir conforto com muita personalidade. A inspiração para a criação desse ambiente veio das relações familiares, criando um espaço que compartilhe o convívio, possibilitando encontros que aproxime a família.

A arquiteta utilizou em um espaço de 29 m² diversos materiais e texturas, como gesso, madeira no piso, porcelanato e espelho na estante. O tom azul também foi pensado para harmonizar o ambiente, fazendo com que os moradores se sintam mais aconchegados.

O ambiente poderá ser visitado até 8 de dezembro, das 16h às 22h (terça a sexta), 15h às 22h (sábados e feriados) e das 15h às 21h (domingo), no Horto Florestal (Rua Estácio Gonzaga, nº 210), com ingressos a partir de R$25 (meia).

Daniela Alencar na CASACOR Bahia (clique para ampliar)

Jornalista que escreve sobre cultura, cinema, viagem e tecnologia no Bahia Social Vip. Contato: brunoporciuncula@gmail.com

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gente

Beefeater Pop Up Bar é apresentado oficialmente no Rio Vermelho

Publicado

em

Foi com casa cheia que o Beefeater POP UP Bar retomou suas atividades oficialmente na temporada 2020, na noite desta quarta-feira (15). O bar temporário, este ano, funcionará no rooftop da Colaboraê, espaço multicultural e colaborativo, idealizado pela cantora Ju Moraes e pela empresária Thiciana Zaher, de frente para o mar do Rio Vermelho, na Rua Borges dos Reis, 81.

O terraço foi transformado no bar descolado, que funciona a partir das 17h, de quarta a domingo. Além de oferecer uma carta de drinks com opções autorais e clássicas à base de gin, assinada pelo bartender Dilton Sales, o Beefeater POP UP Bar tem cardápio assinado pelo chef Vini Figueira e contará com programação de DJs e pocket shows.

“Este ano, estamos mais perto do público de Salvador, no centro efervescente da noite baiana, que é o Rio Vermelho. Sem dúvida, será um diferencial desta temporada”, reforça o produtor paulista Marcelo Vicente, que mantém o projeto até o final de março.

Inauguração do Beefeater Pop Up Bar | Fotos: Mare Femiani

Continue Lendo

Gente

Christianne Peleteiro e Marilu Fontes estarão no “Bonfim com Fé”

Publicado

em

Christianne Peleteiro e Marilu Fontes, sócias da Novo Projeto, loja de móveis e alta decoração, estão entre as apoiadoras da festa ‘Bonfim com Fé – Ano 2’, que acontece nesta quinta-feira (16), na Bahia Marina.

Representando a marca, Christianne se unirá aos mais de 200 convidados do evento para um delicioso café da manhã, massagens e exercícios de alongamento. Em seguida, seguirão até a Colina Sagrada ao som de uma fanfarra.

Continue Lendo

Gente

Baiano Ed Ribeiro é destaque mundial nas artes plásticas

Publicado

em

A zona rural de Catu, a 80km de Salvador, no Recôncavo Baiano, abriga entre a natureza pacífica do local um “santuário” repleto de obras de arte, que já surpreende os visitantes com seu cartão de visitas, um jipe de pedra renascido da natureza do tamanho de um carro real. Passando pela curiosa entrada, quem adentra os fundos da casa se depara com mais surpresas, com esculturas grandiosas e telas que deleitam os olhares dos visitantes, todas reunidas no Ateliê Museu Ed Ribeiro. 

O Ateliê de Edmilton da Cruz Ribeiro, ou popularmente conhecido pelo seu nome artístico Ed Ribeiro, de 67 anos, surgiu em 2010 após seu retorno de Paris, onde conheceu e passou admirar o mundo das artes. Desde então, Ed, ou Pintor dos Orixás, como também é conhecido, montou seu ateliê, abandonou o mundo dos negócios e passou a ter um contato direto com a pintura, sob influência da natureza, passando seus primeiros anos como artista de pincéis e espátulas. 

Passados 10 anos, Ed Ribeiro, agora curador, artista plástico e escultor, ou seja, aquele que enxerga onde ninguém vê, encanta o mundo com seu estilo de arte própria intitulada de “Derramador de tinta”, reconhecida nacionalmente e internacionalmente. O artista é laureado pela Acadèmique Des Arts Sciences Et Lettres de Paris, com a Medaille d’Argent (prata), e conta também com premiações como o Berimbau de Ouro em 2015, e a medalha de ouro pela Sociedade Brasileira de Belas Artes, em 2009.

Ed Ribeiro, figura popular na Bahia antes mesmo de se tornar artista, administrava na região do Canela, o Point do Acarajé, popular estabelecimento de comidas típicas da Bahia. Apesar de todo sucesso, sua carreira aos 52 anos tomou rumos diferentes, distanciando-se do mundo dos negócios e voltando para o local onde nasceu, firmando raízes artísticas em sua terra natal.  

Sua técnica intitulada “Derramamento de tinta”, é especulada como uma das grandes inovações do mundo da arte, sendo citado por estudiosos como o terceiro inovador do século 19 ao 21 no mundo da arte, estando entre grandes nomes como Jackson Pollock e Pablo Picasso. A técnica, única pelas mãos de Ed Ribeiro, consiste no derramamento de tinta e movimentação da tela para criar as formas, com temáticas voltadas em 90% para os panteões da cultura afro.  

Com obras de destaque internacional, Ed Ribeiro e seu ateliê recebem visitantes baianos, brasileiros e de outros países, como estadunidenses e suíços. As atrações do espaço consistem em materiais descartados transformados e renascidos em obras de arte, como arvores queimadas, além da exposição de suas reconhecidas telas. 

Entre as produções a ocupar o espaço, destaca-se o “Dinossauro” de 10 metros de comprimento; “A Grande Batalha”, representando a batalha dos orixás; “A Lagoa de Dois Corações”; o “Mijão”, todas disponíveis para visitação gratuita, além das telas como “Xangô”, “São Jorge”, e “Iansã”. 

“Meu ateliê é meu santuário, minha conexão direto com os orixás, onde eu entro em contato com essas energias, onde me dá a inspiração necessária para criar essas obras”, explica Ed. 

Planejando duas grandes exposições para o ano de 2020, o Pintor dos Orixás planeja levar a mitologia africana para os palcos da Grécia, conectando os panteões gregos aos africanos. Além desse projeto, o artista plástico também conta com uma exposição na França, ainda não datada.

Continue Lendo

Mais lidas