Conecte com a gente

Saúde

Juliana Chieppe revela mitos e verdades sobre cuidados com a pele

Publicado

em

Quando se trata de cuidado com a pele, são muitas as suposições que cercam o imaginário popular. Da ideia que comer chocolate dá espinhas à de que compressas de pepino evitam o envelhecimento. É para confirmá-las ou negá-las de uma vez por todas, que a Dra. Juliana Chieppe, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) esclarece a veracidade desses pensamentos.

O primeiro tema abordado é justamente um dos mais populares: chocolate x espinhas. Dra. Juliana explica que o chocolate em si não causa espinhas, mas sim o alto índice de açúcar no mesmo. Chocolates com pouco teor de açúcar, principalmente o amargo, contém antioxidantes que são benéficos para o organismo, previnem doenças cardiovasculares e envelhecimento precoce.

Ainda no campo alimentício, uma crença comum é a de que o leite de vaca piora a acne. Diferente da falácia do chocolate, o leite de vaca realmente é prejudicial nesse aspecto. Entretanto, muitos acham que o efeito é decorrente da lactose, quando na verdade, vem do excesso do hormônio que o leite tem. Esses hormônios são convertidos pelas nossas enzimas, afetam a produção de sebo, pioram a oleosidade e a acne.

Outra teoria popular, é que o uso de compressas de pepino nos olhos reduz inchaços e olheiras, e que contribui para o rejuvenescimento da face. Segundo Dra. Juliana, o pepino pode realmente estimular a pele e reduzir o inchaço, já que contém propriedades hidratantes. Todavia, a especialista considera um exagero a ideia de que ele retarda o envelhecimento, já que, no máximo, ele favorece a circulação.

Por fim, uma das crenças mais aceitas é de que a água termal ajuda a hidratar a pele. A hipótese não está completamente errada, pois segundo a dermatologista, a água termal pode ser uma aliada na hidratação. Todavia, seus maiores benefícios são suas propriedades anti-inflamatórias; melhorando inflamações e irritações em peles sensibilizadas pelos procedimentos dermatológicos ou doenças, tais como: dermatite atópica, rosácea, psoríase e eczemas.   

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Médicos se reúnem em lançamento de Instituto de Saúde na Garibaldi

Publicado

em

Um coquetel reunindo médicos e convidados vai marcar a inauguração do Instituto Muita Saúde, nesta quinta-feira, 17, na Garibaldi, a partir das 19h. Por lá o espaço vai funcionar cuidando do atendimento multidisciplinar da mulher, da criança e do adolescente, para serviços ambulatoriais, de laboratório e de imagem, nas mais diversas especialidades e com serviços complementares.

O Instituto Muita Saúde vai dispor de um prédio com estrutura completa, 10 consultórios que vão funcionar em uma localização estratégica, no bairro que reúne grandes unidades de saúde em Salvador. Guilherme Lazzari é o médico que assina a direção técnica do Instituto.

Continue Lendo

Saúde

Clínica AMO usa arte para conscientizar

Publicado

em

Em meio às ações do Outubro Rosa, a Assistência Multidisciplinar em Oncologia – Clínica AMO, convidou a grafiteira Tata Ribeiro para uma intervenção no tapume da obra do seu Centro de Medicina Diagnóstica, que será inaugurado em março no prédio da antiga Fogo de Chão, no Rio Vermelho.

A ideia é levar a conscientização através da arte em um dos locais mais movimentados da cidade. Em seu grafite, no tapume de 85 metros, Tata usou predominantemente a cor rosa, símbolos do câncer de mama e elementos que destacam a força da mulher e a feminilidade. Criada, aprovada e produzida por mulheres, a ação ainda teve a filmagem e edição da videomaker Andressa Mercuri.

Continue Lendo

Saúde

Eco Parque Zen abriu suas portas ao público no último fim de semana em Imbassaí

Publicado

em

No último fim de semana, dias 12 e 13 de outubro, quem optou por passar um dia de relaxamento no Eco Parque Zen – Espaço Terapêutico, Holístico e Ecológico, pode desfrutar das belas paisagens, além de terem uma tarde repleta de lazer, recreação e práticas integrativas. O espaço foi aberto ao público oferecendo durante todo o dia atividades como trilhas e terapias holísticas, a exemplo de Massoterapia, Reiki, Cromoterapia, Barras de Access e Yoga. Os visitantes contaram com estrutura de loja, lanchonete, mirante, horto, praça, auditório, cachoeiras, quiosques e gazebos.

A idealização é do médico e presidente do Colégio Médico Brasileiro de Acupuntura – Seção Bahia, Dr. Walter Viterbo, conhecido por suas clínicas especializadas em saúde integral e bem-estar através de serviços como acupuntura, nutrição, psicologia, neurologia, fisioterapia, ortopedia, tratamento da dor e do estresse, entre outros. Para Dr. Walter Viterbo, a ideia de criar o Eco Parque Zen “partiu do desejo de ter um espaço para, no futuro, morar e atender pacientes numa área ecológica”.

“O objetivo foi reunir em um único espaço três objetivos simultaneamente: ecológico, terapêutico e holístico”, explica Dr. Viterbo. A ideia é que todos os fins de semana sejam oferecidas atividades, entretanto, as terapias holísticas têm valores cobrados separadamente por serviço. Os ingressos custam R$40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia) e podem ser adquiridos pelo site www.ecoparquezen.com.br.

Continue Lendo

Mais lidas