Conecte com a gente

Tecendo Ideias

Azulejo português, “ora pois”

Publicado

em

Apesar do nome azulejo português, a estampa surgiu há cerca de 5 mil A.C., no Egito. Na época da invasão moura, os árabes levaram a técnica para a Espanha, na região da Península Ibérica, daí chegou em Portugal.

Marca registrada da cultura portuguesa nas suas colônias, incluindo o Brasil, desde o século XVI . Além das características conhecidas, esse revestimento era muito usado na arquitetura devido ao baixo custo, como também refletia bastante luz.

Usado em muitos países, mas foi em Portugal que se destacou a arte ao longo dos séculos. Suas estampas contavam a história do povo e suas características, sua cultura… Cultura essa considerada uma das maiores expressões artísticas portuguesas.

Por onde se passa na terra lusitana pode se ver paredes de prédios governamentais, residenciais e monumentos cobertos com esses azulejos. Visitando o Museu Nacional do Azulejo em Lisboa e Sintra, pude constatar esse orgulho. Aliás, é visita obrigatória sem dúvida.

Na década de 50, ressurgiu na decoração e em outros produtos como cerâmica, louça e Tecidos, tanto na Moda, como na Decoração.

Como ambos os seguimentos andam juntos na mesma direção, seguem alguns exemplos para inspiração de como usar esse desenho. A Estampa  Azulejo Português é elegante. Acredite!

Continue Lendo
2 Comentários

2 Comments

  1. Fernanda Sá

    19 de agosto de 2019 em 08:55

    Maravilha! Adoro azulejo português! Aqui em casa, decoramos a varanda com almofadas e algumas peças de decoração em cerâmica.

    • Graça Sá

      20 de agosto de 2019 em 16:36

      Fiquei encantada com as ilustrações que tão bem você soube representar em vários segmentos, além de saber a origem verdadeira do azulejo português. Muito enriquecedor o seu texto, amei!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tecendo Ideias

Almofadas alegram qualquer ambiente!

Publicado

em

Almofadas decorativas mudam a cara do sofá ,da poltrona, da cama  da maneira mais fácil possível e quando você quiser! Faça como os romanos a cada estação  do ano trocavam o mobiliário que na verdade eram  os almofadões…

Se o tempo está curto pra novo estofamento ou pra confeccionar capas ou mesmo a grana está curta  também, vamos de almofadas! Muita gente tem medo de escolher o melhor tecido, ou o quê combina com o quê. 

A regra é simples, tenha como base a cor do sofá, da poltrona ou mesmo da chaise. Pense numa cor que você quer dar destaque. Procure estampas que tenham as cores do sofá e da sua cor sua escolhida. E seja o que Deus quiser.Aliás não existem regras mas o Liso é fundamental para fazer a base.  Pode variar o tamanho também fica bacana. Criativo.

Não há necessidade de usar o mesmo Tecido, a mesma trama, a mesma textura o tempo todo.Tudo depende do seu estilo e que mudança quer fazer. Se você é clássica, trabalhe com “ton sur ton”  mesmo com  desenhos diferentes como Adamascado, Flor de lys, Toile de Jouy.

Se você faz a linha despojada , moderna e prefere estampa floral,  como listras, poás ou com temas, pode fazer um “mix and match” fica ótimo mas não esqueça do liso que é coringa mesmo! Use no  quarto em cima da cama, seja casal ou solteiro, traz conforto e aconchego, mas cuidado com excesso de almofadas, senão vai tudo pro chão.

Lembre das datas festivas  como Natal , Reveillon salpique  pela casa dá um ar “cool”. Ah, aproveite o verão e não se esqueça da varanda, da casa de praia, da área gourmet… pode ir se empolgando.

Nas lojas de decoração, existem almofadas lindíssimas, com bordados,em macramê,aplicações de contas ,lantejoulas,com dizeres divertidos. Aproveite. Vejam nas fotos…Almofadas novas dão “up” ao seu ambiente e alegram de verdade com certeza. Acredite!

Continue Lendo

Tecendo Ideias

Mix e match: misturas que combinam

Publicado

em

Basta ter coragem e bom senso pra entrar nessa “vibe” de misturar estampas pra combinar mas que no final dá tudo certo. Na verdade, muitas vezes fazemos isso sem querer e sem saber que estamos  criando uma bela harmonia no  ambiente de casa ou mesmo no trabalho.

Melhor ainda estamos criando nosso próprio estilo. Seja na Moda ou na  Decoração.Você pode  ser uma pessoa  básica ou ousada. Não existe uma norma estabelecida a ser seguida. O que existe é  ter  sabedoria  e cautela de forma que o resultado “agrade aos olhos ” principalmente os seus. Experimente,  não tenha medo de errar. Solte a imaginação.

É tão legal você criar um cantinho em casa projetado por você mesmo. Vale a pena tentar. Existem alguns segredos que se deve levar em conta. São coisas fáceis mas vão ajudar bastante nessa hora. Estou falando da arte de misturar estampas e texturas harmoniosamente. Vou dar destaque aos  Tecidos mas a Ideia vale também para móveis, objetos de decoração, acessórios  e roupas.

Antes de tudo pense numa paleta de cor que tenha harmonia entre si e que seja do seu agrado. Escolha como base para fazer a sua mistura. Existem estampas mais fáceis de coordenar com outras, posso até dizer que algumas eu considero básicas. A LISTRA por exemplo é estampa  que passa imagem esportiva, jovem,  transita bem com qualquer desenho seja listra  larga, estreita ou mesmo as duas juntas. Usá-la misturando  e levando as bolas ou motivos étnicos  nos detalhes fica sensacional,  eu adoro! Aliás nesse momento está havendo  uma tendência muito forte a utilização de Tecidos com esse tema.

O XADREZ  com  sua imensa variedade de tamanhos e desenhos entra em qualquer lugar, faz  composè com estampas figurativas, florais, perfeitamente , fica muito legal!  E na decoração  clássica, new country, despojada fica perfeito.

Use e abuse no seu projeto essas combinações , mas com cuidado .O bom gosto acima de tudo. Vou postar alguns exemplos que vão ajudar  na hora da criação. MIX AND MATCH na Moda tem sido muito explorado, afinal, é pura elegância. Acredite!

Continue Lendo

Tecendo Ideias

Tecido sustentável é a bola da vez

Publicado

em

Hoje, no mercado de Decoração e Moda, a palavra do momento é consumo consciente. Existem várias maneiras de se  fazer uso  do Tecido Sustentável também chamado de Tecido Ecológico. São esses  fabricados à partir  de reciclagem de materiais seguindo padrões ecológicos para diminuir o impacto ambiental “Produção Mais Limpa”.

Toneladas de Tecidos são descartados anualmente ao redor do mundo. Se considerarmos os 3 Rs, Reduzir, Reciclar e Reutilizar, o aumento da vida útil do Tecido, diminuiremos o consumo dos recursos naturais do planeta. Temos que pensar Verde! Pensar no meio ambiente.

Quando falamos em Tecidos sustentáveis lembramos logo da  garrafa Pet reciclada ou algodão orgânico, mas existem outras fibras por aí. Por exemplo, a planta Urtiga serve para construir Tecidos. É considerada a mais sustentável de todas por ser muito forte, elástica, retarda chamas e ainda anti-bactericida, cresce facilmente e é renovável. Fibra de coco, na indústria automobilística, substitui o poliuretano para estofamentos e painéis de carros. 

Esses Tecidos podem ser usados também para revestimento de parede, para efeito de boa acústica ou mesmo como decoração,  tapetes, estofamento de sofás, poltronas, cadeiras, cabeceira de cama e cortinas.

A exemplo disso existem várias empresa de Tecidos  ou que lidam indiretamente com Tecidos  que já estão  algum tempo  com o pensamento “Eco-Friendly”. Banco de Tecidos, Eco Simple são empresas que  reúnem restos de Tecidos e constroem novos Tecidos.

Hunter Douglas trabalha com  resíduos do fundo do mar chamados de SEA-TEX para confecção das cortinas. JRJ utiliza  lonas de caminhão , algumas  até são bordadas, Tecidos de juta que são usados para sacaria estão nas cortinas, mesas de festa e  embalagens. 

Em Santa Catarina, as aparas das malharias e das fábricas de papel  são reutilizadas nas fábricas  de roupas, objetos de decoração e até bijuterias. Esses resíduos são separados por cor portanto não havendo a necessidade de novo  tingimento e, a partir daí, surgem novos tecidos que são usados na indústria moveleira. Tecidos Ecológicos revestem sete mil cadeiras no Maracanã!

Paulo Alves, designer de móveis, Mauricio Arruda, arquiteto, Ronaldo Fraga, estilista,  citando alguns, desenvolveram coleções maravilhosas de  Tecidos , móveis, tapetes e também de roupas que estão fazendo o maior sucesso. Grandes marcas de sapatos também com o mesmo pensamento Verde. Acredite!

Continue Lendo

Mais lidas